SAMSUNG GALAXY TAB

 

O Samsung Galaxy Tab, que foi lançado no Brasil no ano passado, é um ótimo companheiro para o dia a dia, como eu pude comprovar na prática nas últimas semanas, desde que recebemos o tablet para testes.

O Galaxy Tab tem uma tela TFT LCD de 7 polegadas com resolução WSVGA (1024 x 600 pixels) e a tecnologia Gorilla Glass, ou seja, trata-se de uma tela muito resistente a arranhões. A tela é bem menor do que a do iPad, que ainda é o seu principal concorrente, o que permite que o Tab seja levado para qualquer lugar dentro da mochila, da bolsa ou até mesmo do bolso da sua calça (desde que sem a capa protetora), o que é essencial para profissionais que passam o tempo inteiro longe do escritório.

O grande trunfo do Galaxy Tab é a sua portabilidade. Apesar de ser compacto, o Galaxy Tab tem uma espessura de cerca de 1cm e um peso de aproximadamente 380 gramas, ou seja, ele pesa bem menos do que o iPad, mas pelo tamanho da tela, fica a sensação de que ele poderia ser ainda mais fino e mais leve. O Tab roda a versão 2.2 do Android (Froyo), que funciona bem, mas não foi criada especialmente para tablets, como a versão 3.0 (Honeycomb).

Um detalhe interessante do Tab é que ele já vem com alguns acessórios na caixa, o que pode significar uma economia para o usuário. Além da citada capa que deixa ele parecido com um caderno e também serve como suporte, o Tab também vem acompanhado por um fone de ouvido estéreo para ouvir músicas e audiobooks e um fone de ouvido Bluetooth, perfeito para quem pretende usar o tablet como telefone celular para fazer e atender ligações em uma emergência. Se você não se incomodar de falar no celular com um aparelho tão grande, também pode atender as chamadas usando o viva voz.

 

O Galaxy Tab possui duas câmeras, a da frente tem 1.3 megapixels foi criada para chamadas em vídeo, enquanto a câmera na parte de trás tem 3 megapixels, flash LED e foco automático. O Galaxy Tab tem 16GB de memória interna, e conta com um slot para cartões microSD de até 32GB. O tablet também tem 512MB de RAM, e conta com conectividade 3G, Wi-Fi e Bluetooth 2.1. O Galaxy Tab pode ser usado como roteador de dados para compartilhar sua conexão 3G com outros aparelhos com Wi-Fi. Além disso, ele também é compatível com o padrão DNLA, para mostrar conteúdo em TVs, computadores e até consoles de jogos compatíveis, como o PS3.

A versão lançada no Brasil conta com algumas diferenças interessantes em relação a versão disponível no exterior. A maior delas é a inclusão de um receptor de TV digital e analógica, o que oferece uma opção interessante para quem quer assistir a um jornal, um jogo de futebol ou uma novela, dependendo do seu gosto pessoal.

O Tab pode até mesmo ser usado como PVR para gravar programas que estão passando na hora, ou então para agendar a gravação para mais tarde. Outro excelente diferencial da versão nacional é o processador de 1.2GHz, que é superior ao processador da versão lançada lá fora, que só tem 1.0GHz. Com este processador, o Galaxy Tab roda a maioria dos aplicativos sem muita espera, com exceção de alguns jogos mais exigentes.

Digitar no teclado com tecnologia Swype pode até ser meio estranho no começo, mas em pouco tempo você vai se acostumar e sentir falta, quando usar um gadget sem este recurso. Vale destacar que o Swype só funciona bem com o Tab no modo retrato, e se preferir usar com o tablet deitado, é melhor optar pelo teclado tradicional do Android.

A bateria de 4.000 mAh do Galaxy Tab dura pelo menos umas 9 horas, assim você pode usar o tablet durante o dia sem se preocupar em precisar encontrar uma tomada. Outra vantagem é que a bateria pode ser recarregada com rapidez, o que é muito importante para quem vive trabalhando na rua. E se você vive se perdendo de carro pela cidade, vai gostar de saber que também poderá usar o Galaxy Tab como um grande navegador GPS, pois ele conta com A-GPS.

Além dos milhares de aplicativos disponíveis no Android Market, você também pode instalar os programas e jogos da loja Samsung Apps. E se você gosta de livros eletrônicos, pode comprá-los na Livraria Cultura, que conta com um aplicativo que já vem instalado no Tab. O leitor de eBooks da Samsung também funciona muito bem, e com o Readers Hub, você poderá comprar eBooks (em inglês) da loja Kobo.

O player de vídeo é bem versátil, e toca arquivos em vários formatos como DivX, XviD e WMV, incluindo suporte a legendas (no formato .SRT). Também é importante destacar que, ao contrário do iPad, o Galaxy Tab tem suporte ao Flash Player 10.1.

A integração com o Gmail, Google Maps e Google Reader é perfeita, e vai fazer a alegria de quem usa os serviços do Google todos os dias, como eu. Concluindo, o Galaxy Tab é indicado para precisa de um tablet pequeno e prático, e também para aqueles que gostam do Android ou acham o iPad muito grande.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: